domingo, 31 de maio de 2009

quinta-feira, 28 de maio de 2009

E O PRÉMIO É ENTREGUE A...

Atribuímos o Prémio do nosso blogue a 5 blogues que visitamos e que temos como referência e com quem aprendemos todos os dias.
Os blogues serão informados e esperamos que gostem deste selinho dos SONHOS AZUIS.



O NOSSO CONTRIBUTO PARA A FEIRA DO LIVRO

Na nossa escola decorre uma Feira do Livro Usado, que irá ajudar os Finalistas do 4º Ano a realizar um Passeio de Final de Ano e assim encerrarem um Ciclo de aprendizagem e se prepararem para uma nova etapa nas suas vidas... O 2º Ciclo numa nova escola e com mais Professores.

Nesta Feira, todas as crianças da escola, contribuíram com um livro que trouxeram de suas casas e pelo qual tinham estima e gosto pela história.

A recolha na nossa sala foi diversificada e uma grande quantidade de livros foi chegando para nossa satisfação.

Estes são alguns dos livros que trouxemos!


Temos continuado empenhados em ajudar nesta Feira e os meninos do 4ª Ano agradecem quando lhes vamos entregar mais um livro para venderem.

Gostámos tanto que não resistimos também a comprar alguns livros para a nossa sala.


Boas Leituras!

quarta-feira, 27 de maio de 2009

quinta-feira, 21 de maio de 2009

DIA DA ESPIGA

A Mafalda e a sua mãe Cristina cumpriram a tradição e ofereceram à Sara e à Lúcia um ramo do Dia da Espiga nesta Quinta-feira da Ascensão.

Celebra-se hoje o Dia da Espiga ou Quinta-feira da Espiga.

Tradicionalmente, de manhã cedo, rapazes e raparigas vão para o campo apanhar a espiga e outras flores campestres.Com elas, formam um ramo com: espigas de trigo, folhagem de oliveira, malmequeres e papoilas. O ramo pode também incluir centeio, cevada, aveia, margaridas, pampilhos, etc.

Cada elemento simboliza um desejo:

A espiga = que haja pão (isto é, que nunca falte comida, que haja abundância em cada lar)

O ramo de folhas de oliveira = que haja paz (lembra-te que a pomba da paz traz no bico um ramo de oliveira) e que nunca falte a luz (divina). (Dantes as pessoas alumiavam-se com lamparinas de azeite, e o azeite faz-se com as azeitonas, que são o fruto da oliveira.)
Flores (malmequeres, papoilas, etc.) = que haja alegria (simbolizada pela cor das flores - o malmequer ainda «traz» ouro e prata, a papoila «traz» amor e vida e o alecrim «traz» saúde e força)

O ramo é guardado ao longo de um ano, até ao Dia de Espiga do ano seguinte, pendurado algures dentro de casa.
Acredita-se que este costume, que surge mais no centro e sul de Portugal, nasceu de um antigo ritual cristão, que era uma bênção aos primeiros frutos.
No entanto, por ter tanta ligação com a Natureza, pensa-se que vem bem mais de trás no tempo, talvez de antigas tradições pagãs associadas às festas da deusa Flora que aconteciam por esta altura e às quais se mantém ligada à tradição dos Maios e das Maias.

FONTE: http://www.junior.te.pt/

UMA BOA ACÇÃO

Com a Primavera veio o Sol, as flores, a relva fresquinha, as borboletas, joaninhas e os pássaros de regresso prepararam a chegada das suas crias em ninhos fofinhos e confortáveis.
Mas nem sempre a natureza se consegue proteger a ela própria e devemos ser nós a ter uma atitude vigilante e protectora do ambiente que nos rodeia.
Hoje encontrámos três Melros bebés que cairam do ninho, feito numa das árvores do nosso recreio.
Os bebés Melros precisavam da sua família, mas devolve-los ao ninho parecia impossível!

Venham conhecê-los.


As nossas meninas que praticaram a boa acção do dia
Lúcia e mafalda

Vamos conhecer melhor a vida desta espécie protegida!

MELRO
Nome científico: Turdus merula

DISTRIBUIÇÃO
Esta ave pode ser encontrada um pouco por toda a Europa, embora se aviste mais frequentemente na Península Ibérica.
Esta espécie prefere os relvados amplos para procurar comida, por esse motivo é presença muito frequente nesses espaços, sobretudo ao início da manhã e ao fim da tarde. Esse comportamento levou a que se tornasse uma ave muito bem adaptada ao meio urbano, podendo ser encontrado no bairro mais movimentado, ou no meio das pessoas que passam, sem sentir qualquer receio das mesmas.
ALIMENTAÇÃO
Os melros comem insectos, minhocas e bagas, é isso que procuram entre a relva fresca, mas não desdenham migalhas que ocasionalmente encontrem.
REPRODUÇÃO
Num ano normal, os melros fazem duas vezes criação. A fêmea põe em geral quatro ovos, que irão eclodir cerca de 15 dias depois.
TAMANHO, PESO E ESPERANÇA DE VIDA
Os melros podem medir cerca de 25 cm, pesar 120 g e viver 10 anos.


Após alguns telefonemas, o Departamento Ambiental da GNR na pessoa do Sr. Guarda Sousa Cuco veio buscar as avezinhas para as encaminhar para o Parque Florestal do Monsanto, onde após observação do seu estado de saúde e crescimento as avezinhas serão devolvidas à natureza para preservação da sua espécie.
Hoje aprendemos que proteger a natureza é o melhor FUTURO que podemos ter e desejar para as gerações vindouras.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

QUINTA DA GRANJA

O Ano lectivo aproxima-se do fim e com ele vamos encerrando o Plano Anual de Actividades, do qual uma parte importante são as visitas de estudo que abrem portas para novas descobertas, consolidam conhecimentos e nos trazem muitas alegrias, criando um maior sentido de grupo.
A visita à Quinta da Granja é disso exemplo, possibilitando o contacto com a natureza, aproximando as crianças de outra realidade completamente diferente das suas vivências.
Fomos tão felizes na Quinta da Granja!

Click to play this Smilebox slideshow:



sábado, 16 de maio de 2009

E ESTE PRÉMIO VAI PARA...


Ao receber o nosso 1º prémio ficámos muito contentes e começámos a pensar de imediato como iríamos agora fazer a passagem de testemunho. Nada melhor do que fazer o nosso próprio prémio para homenagear os blogues de que gostamos e que são uma referência na bloguesfera da Educação.
O nosso prémio está feito e apresentado!Só falta atribuí-lo...

sexta-feira, 15 de maio de 2009

GERMINAÇÃO DO FEIJÃO

Desde a ida à Biblioteca da EB23 onde escutámos a história do João e o Feijoeiro mágico, que ficámos curiosos como um feijoeiro fica assim tão grande que até chega ao céu.

E porque não tentar germinar o nosso próprio feijoeiro?
Uns boiões reaproveitados, canetas de acetato, feijões, algodão e uma taça com água é tudo o que precisamos para iniciar esta experiência de germinação na nossa sala de actividades.





Começámos por criar um ambiente agradável ao crescimento dos nossos feijões, desenhando nos boiões flores, relva, borboletas, pequenas joaninhas e outros desenhos que achamos simpáticos para ajudar o feijão a crescer.

O próximo passo foi molhar o nosso algodão branco e fofinho numa tijela com água e retirar o excesso para que só ficasse húmido. O algodão vai receber o nosso feijão e "fazer de conta" que é a terra que o vai ajudar a germinar.

O momento em que fizémos uma caminha para o nosso feijão ficar aconchegado durante os próximos tempos foi muito do nosso agrado, porque com todo o cuidado o envolvemos em algodão molhado, deixando um espaço aberto para que ele pudesse começar a espreitar e crescer!


O Kélcio até lhe cantou uma canção de embalar!

São horas de deixar os nossos feijões descansar... Bebam muita água e aproveitem a luz do sol que entra pelas janelas da nossa sala! São essenciais para crescerem!



Alguns dos nossos boiões desenhados e pintados por nós. Gostam?

Agora Todos à luz do sol!

quinta-feira, 14 de maio de 2009

A NOSSA CIDADE


Este trabalho de Expressão Plástica demorou vários dias a realizar, sempre com muito empenho da nossa parte. Ganhámos este gosto pelos tipos de habitação quando visitámos a CASA INACABADA - Pavilhão do Conhecimento no Parque das Nações.
Havemos também de recordar essa visita brevemente!
Click to play this Smilebox scrapbook: A NOSSA CIDADE

quarta-feira, 13 de maio de 2009

DESCULPA...POR ACASO ÉS UMA BRUXA?

Hoje a tarde foi cheia de mistérios, suspense, enigmas que ainda não conseguimos decifrar, mas temos mil e uma ideias e teorias sobre o que se passou!

Como é habitual nas nossas actividades de tarde, começamos por ouvir a Sara contar uma história. A história era tão misteriosa que estivemos da 1ª à última palavra com imensa atenção e colados ao chão sem nos mexermos.

Vamos vos contar só um pouquinho da história:

O Leonardo é um gato preto, muito solitário, que passa o tempo todo na biblioteca. Até que descobre que as Bruxas adoram gatos pretos. Mas como pode o Leonardo encontrar uma bruxa, se nunca viu nenhuma?
E está sempre a perguntar «Desculpa… Por acaso és uma bruxa?», engana-se sempre!
Até que o Leonardo desiste, acha que nunca vai encontrar uma bruxa e volta até à biblioteca…
Lá espera-o uma grande surpresa!



Adorámos esta história e falavamos sobre ela quando... A Porta da nossa sala se abriu e... não estava lá ninguém para entrar!

Quem seria?
A porta abriu-se sozinha?
Terá alguém se arrependido de entrar?
Seria uma partida?

- E se for uma Bruxa?, disse o Carlos

- Ficou invisível, lembrou o Luís

- Sim, tomou uma poção mágica, acrescentou o Carlos

- Olhem! A porta está a fechar-se..., viu a Mariana

- Agora parou! A bruxa ainda não se foi embora, disse a Mafalda

- Ficou a ouvir o que diziamos sobre ela. O que vocês acham das bruxas?, perguntou a sara

- São simpáticas, giras, têm meias ás riscas, chapéus pontiagudos, uma vassoura e têm um grande caldeirão para fazer as poções mágicas, dissemos todos entusiasmados

- Olhem, a porta fechou-se!, viu o Bruno

Ficámos todos espantados...nem queríamos acreditar...Estivera ali uma Bruxa da História... Ou será que não?

- A bruxa ficou contente e foi-se embora para a escola das bruxas, lembrou a Mafalda

Fomos fazer o registo da história e os desenhos ficaram muito engraçados!
Terminado o desenho fomos brincar para a casinha, computador, garagem, biblioteca e com uns brinquedos que a Mafalda trouxe para a sala.

No meio dos brinquedos que víamos pela 1ª vez, encontrámos... e tivémos a certeza que elas estiveram na nossa sala!

Vejam o que encontrámos...


A fantasia e a imaginação têm um papel priviligiado nesta idade e com ela criam-se mil imagens.

Mas devemos a Hegel a distinção definitiva entre “imaginação” e “fantasia”. Para ele, ambas são determinações da inteligência: mas a inteligência como imaginação é simplesmente reprodutiva; em contrapartida, como fantasia é criadora.

A criança, para nutrir a sua imaginação e aplicá-la às tarefas adequadas que reforcem as suas estruturas e alarguem os seus horizontes, deve poder crescer num ambiente rico de impulsos e de estímulos.

terça-feira, 12 de maio de 2009

sábado, 9 de maio de 2009

SARA e XINHA


Para ti...Sem mais palavras.

ESTAFETA DE HISTÓRIAS

Existe na escola um Projecto à já 3 anos com enorme sucesso, o que o faz permanecer até hoje.
A Estafeta de Histórias percorre todas as salas dos dois níveis de ensino: Pré-escolar e 1º Ciclo.
As histórias são trabalhadas em sala com as crianças e as diversas formas de as contar são a passagem de testemunho entre os grupos e turmas.
A nossa sala contou "História do Livro Activo", da escritora Conceição Areias e da ilustradora Catarina Cardoso. A turma 2º A da Prof. Rosa Morais e os meninos da sala 2 da educadora Xinha foram os espectadores atentos, que nos aplaudiram no fim, gostando da nossa dramatização do livro.
Click to play this Smilebox slideshow: Estafeta de histórias

Os PeRsoNaGenS e SeuS AcToreS

Os LiVroS, SaNtO HoMeM, ReI, CoeLhO, FadA e AnJo

As NuVenS e As CrIaNÇas

As cRiAnÇaS

sexta-feira, 8 de maio de 2009

BICHOS DA SEDA

Há vários dias que temos na nossa sala Bichinhos da Seda que a Cátia nos trouxe numa caixinha!
Já os contámos e são 12 pequenas lagartas que comem sem parar o seu único e predilecto alimento... Folhas de Amoreira!
Os nossos Bichinhos da seda fizeram-nos hoje uma surpresa!
Liguem o som dos computadores e aprendam connosco a conhecer a vida destes Bichinhos!

SEMANA DA LEITURA

Fomos até à Biblioteca da EB23 com os nossos amigos da sala 2 e ouvimos uma história contada pela Educadora Xinha que muito gostámos.
Uma história cheia de aventuras e perigos vividos pelo "João e o Feijoeiro Mágico".
Venham daí saber como tudo se passou...

Click to play this Smilebox slideshow: SEMANA DA LEITURA

quinta-feira, 7 de maio de 2009

sábado, 2 de maio de 2009

DIA DA MÃE

Click to play this Smilebox greeting: Para a Mamã...com AMOR

sexta-feira, 1 de maio de 2009

"OS PAIS CONTAM-NOS HISTÓRIAS"

Esta altura parece ser a ideal para falar no contributo e disponibilidade dos Pais durante o 2º Período para o desenvolvimento do Projecto "Os Pais contam-nos histórias".

Na nossa sala pudemos contar com a presença de três mães que encontraram um momento para estarem connosco contando uma história.
Os livros foram escolhidos e as mães apareceram com a mesma vontade e dedicação com que contam as histórias aos seus filhos, mas desta vez com uma audiência 25x mais atenta, curiosa, interessada e com mil perguntas.

Livro "Filhos do Coração"

Obrigado Mamã Ana Cristina

Livro "Pimpona, a galinha tonta"

Obrigado Mamã Célia




Livro "O pequeno dragão d´água"

Obrigado Mamã Cristina

por terem representado tão bem todos os Pais destes meninos